Minha Poesia

08
Jul 15

 


 


ORFEÃO DO BENFICA




As estrelas cintilam envaidecidas no céu


Ao som do hino “ser Benfiquista”


Deus, corre cortinas destapando o véu


P'ra ver actuar o Orfeão com seu Ensaísta




Já mais de meio século passou


No brando ardor de tantas gargantas


Cantaram o Benfica, que muitos ensinou


Ser este o clube, das glórias Santas




Os Sagrados Anjos celestiais


Juntam a voz às gentes do Orfeão


Cantando com eles hinos espirituais


Ao seu Benfica grande campeão!




Pela batuta do Maestro que balança


Sobre a pauta de belas melodias


O coro se afina, em forte aliança


Num rico refrão p'ra tantas alegrias:


 


 


Somos campeões


Campeões


Campeões




Embevecidos por admiráveis palcos


Vibrando p'lo hino de Luís Piçarra


Sopranos, Baixos, Tenores e Contraltos


O elevam em clamor banhados de garra




E, em harmonia ensaiam de amores


Suas vozes de vermelho vestidas


Seus olhares são rios multicores


No firmamento das palavras benditas


 


 


BENFICA


BENFICA


BENFICA




Cantado na paixão mais pura do mundo


Embebida no perfume da bela poesia


Inundando de brilho o símbolo profundo


P´rás vozes do coração desfrutar a magia




O Orfeão, do cristalino clube perdurará


P'los tempos envoltos de boa memória


À voz doce e generosa restará


Cantar p'lo mundo, a maravilhosa história


 


 


47 - de: Fernando Ramos


28 Maio 2009


 


Pelos 52 anos do Aniversário do ORFEÃO


Do BENFICA




www.aguiapoeta@blogs.sapo.pt

publicado por Fernando Ramos às 18:15

Janeiro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
14
18

22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

47 - ORFEÃO DO BENFICA

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO