Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia


12.12.15


  


 


VOO SÁBIO


 


A carinhosa Águia faz um voo de génio


Lá nos píncaros do Estádio


Brilham olhos num feliz convénio


P’lo belo dotado voo sábio


 


Ali não existe ninho de palha


Apenas a Catedral, seu recanto


Ela voa, e adversários baralha


Nas belas noites do sagrado manto


 


De vermelho e branco vestido


Os Atletas se elevam no relvado


Adversários vão de orgulho ferido


Da sublime luz, de rosto iluminado


 


E naquele pedaço majestoso


Adeptos vibram p’la glória sábia


Soltando seu grito poderoso


Que vai voando nas asas da Águia


 


E lá no altivo céu endeusado


A curiosa lua, assiste e brinca


Mais as estrelas de brilho dourado


Sorrindo às vitorias do glorioso BENFICA


 


99 - De: Fernando Ramos

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D