Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

948 - SAUDADE GRANDE

10
Jun19

 

948 - SAUDADE GRANDE


Quando a saudade é grande,
Ela é profunda dor dissimulada
Podemos nela voar bem alto 
P´lo céu feito pássaro condor
Que a mesma não vai embora

E dormirão os olhos a vida inteira

Lembrando a beleza dum momento

Que ao som de algum sussurro

Se desperta e a saudade

Ainda faz ter mais saudade

Na esperança sustentada

De dias mais ditosos

P´ra ela terminar na nossa vida

Mas deixando apenas  

A funda melancolia

 

de: Fernando Ramos

28.2.2014

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.