Minha Poesia

29
Abr 19

MINHA IDADE

 

Tenho idade avançada

E trabalhei quase toda minha vida

Tenho de pedir desculpa a algumas pessoas

Especialmente  aqueles que acham

Que nós os idosos já somos um desperdicio

Que já nada valemos

Esquecem-se eles que foi com humildade

E o suor de seus Pais e Avós

E de tantos como nós os “velhos”

Que obtiveram as oportunidades e vida fácil

De em Liberdade, conseguirem boas posições

Bem dentro dos altos niveis da sociedade

Que a uma boa maioria os tornou

Vaidosos, Ambiciosos, tolos e hipocritas

 

Facilidades, que à grande maioria

Dos tais “velhos” lhes foi negada

E do modo que esta gente se tornou

AINDA BEM que nunca fomos como eles

O que nos torna sábios do tempo

Hoje alguns “novos” ignoram

Que ser Antigo, Velho ou Idoso

Não é uma questão de castas 

Mas sim uma noção de Tempo

Tempo que nos ensinou por bem

Viver um dia de cada vez

Olhando a vida com menos ambição

E que as melhores coisas da vida

São invisiveis

Como o Amor e a Solidariedade

 

De: Fernando Ramos

20.2.2014

publicado por Fernando Ramos às 21:16

Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

14
16
17
18
20

22
24
26

28
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO