Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia


17.03.24

 

 

 

937 (2).jpg

 

NATAL DO RICO E DO POBRE

 

Chegou a festa do dia de Natal

Ela é de grandes e pequenos

Mas p´ra todos, nada é igual

Uns levam mais, outros menos

 

O pobre, triste cético e desolado

O rico feliz e com muito enseio

Um de saco vazio, mas abençoado

Outro contente de saco bem cheio

 

De manhã o pobre, mais pobrezinho

E o rico mais rico bem endinheirado 

Olha pró pobre sem sapatinho

No seu trilho de ilusão bem calçado

 

O natal p´ra ricos não é pequenino

Pró pobre é grande é bem amado

Recebendo sorrisos do Deus menino

Que o rico vazio recebe de bom agrado 

 

A vida p´ra todos não é igual

Prós ricos é bem mais generosa

Prós pobres recebem no seu final 

O amor de Deus na estadia gloriosa

 

de: Fernando Ramos

29.1.2014

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D