Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

23
Nov15

93 - NUNCA JOGARÃO SOZINHOS

Fernando Ramos

  


NUNCA JOGARÃO SOZINHOS


 


Pelo mundo fora nunca jogarão sozinhos


Com a Bandeira sempre desfraldada    


Serão Avôs, pais filhos e sobrinhos


Que elevarão o Benfica jornada a jornada


 


São milhões, da bandeira encarnada


São milhões que vibram e choram


São milhões da bela Aguia amada


São milhões que o BENFICA adoram


 


Na bancada do Estádio da nossa glória


Não há dores, nem mágoas nem solidão


Apenas amor crescendo em vitória


Fortalecendo a chama imensa do coração


 


São milhões, da bandeira encarnada


São milhões que vibram e choram


São milhões da bela Aguia amada


São milhões que o BENFICA  adoram


 


Não há como perceber esta paixão


Perfumada de mistérios que não se explica


Seu nome é a divina gloriosa criação   


Dum Deus que nos faz amar o BENFICA


 


De: Fernando Ramos


93

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D