Minha Poesia

05
Dez 19

9 - 1 (1).jpg

 

9 - 2.jpg

9-UM PAÍS DE DEUS

 Nós somos um país de Deus

Onde muito de bom aconteceu
Tivemos a Revolução que venceu
Num Portugal que tanto padeceu

O povo vagueava protestando
Senhores diziam, ser o lado errado 
Até que num bom ano, Abril apareceu
E logo, logo tudo foi mudado

Este é um bonito país de Abril
Por cá não foi só a rosa que floresceu 
As gentes são felizes por anos mil
Na liberdade que o povo mereceu

Soltaram-se os presos do contra 
E muitos ficaram contentes
Os festejos davam belas montras 
E as orquestras estavam presentes

O povo sonhava na lua 
E eram muitos, muitos mil
Cantavam trovas na rua 
Em poemas só de Abril

Neste país do herói marinheiro 
Que já fez parte dos coitados
Homens e Mulheres em cativeiro 
À muito nele viviam angustiados

O Zé veio para a estrada
Com cantigas de glória
Foi a época doce e doirada 
E lá se mudou a triste história

Entrámos na Europa da frente
O povo foi cantando feliz
O tempo, esse foi passando
E quase tudo ficou por um triz

Todos vivíamos sorrindo contentes

E entramos na CEE do progresso
Alguns actos foram imprudentes 
Houve medo, e receio do retrocesso

Mas meu povo não temeis
Dizem políticos pelo seguro
Nós estamos na Europa
E lá, é que mora o futuro

É preciso continuar a lutar
Porque é difícil a vitória
Teremos sempre de lembrar 
Que Portugal é de luta e história

Só temos de ter paciência
Não fazendo tudo às pressas
Os países evoluem sua consciência 
Com gentes de poucas promessas

Temos sempre de acreditar
Que Portugal vai crescer
E os governos têm de apostar
Nos Portugueses para vencer

Portugal lá entrou no futuro
Porque é um país de feitos
Devemos dar, um confiar seguro
Aos nos nossos políticos eleitos

de: Fernando Ramos

 

publicado por Fernando Ramos às 21:26

Dezembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

16

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO