Minha Poesia

19
Nov 18

 

892 (2).jpg

 

  • BELEZA DO LUAR
  •  
  • O dia vai-se esgueirando
  • Entre caminhos e árvores
  • Como a fugir não sabe de quê
  • E entre a penumbra e entre galhos
  • Vai surgindo a noite fria
  • Com o brilhar da lua curiosa
  • E a Lua grandiosa
  • Mostra ao mundo seu domínio
  • No céu azul de nuvens de veludo
  • P´ra maravilhosa terra enfeitar
  • Com toda sua preciosa imponência
  • E o homem que vagarosamente
  • Vive entre os medos adormecidos
  • Pelas circunstancias da vida
  • Se deslumbra com o momento
  • Buscando na beleza do Luar
  • A essência da natureza
  • Que não cansa seu feliz olhar
  • E que o inspira pró amor em verso
  • Desse momento imortal
  • Rodeado dum silencio
  • Que com ele vai p´lo caminho
  • Até à aurora de outro dia
  •  
  • De: Fernando Ramos
publicado por Fernando Ramos às 18:08

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Novembro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

20
22
23
24

25
26
29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO