Minha Poesia

26
Out 18

 

888.jpg

 

SONHO DE LUAR

 

Quero um dia gritar ao mundo inteiro

Ouvindo os sons da natureza

Sorrir à vida e ser o barqueiro

Dum céu de estrelas de tanta grandeza

E nelas procurar a esperança perdida

Deitado nas aveludadas nuvens atordoadas

Olhando a lua derramando prata derretida

Aclamando poemas em rimas delicadas

E na minha solidão do firmamento azul

Grito ao mundo terra, ouvindo minha voz

Ali sou feliz como era nos mares do sul

Escrevendo poesia p´ra lua de todos nós

E uma lágrima órfã alojada no pensamento

Cai nas estrelas que moram em meu olhar

E por entre um pensar latejante do momento

Aparece a esperança lavando meu sonho de luar

 

De: Fernando Ramos

 

publicado por Fernando Ramos às 23:14

Outubro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

15
20

21
22
23
25
27

28
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO