Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

12
Set18

867 - BEIJO SUMIDO

Fernando Ramos

 

867 (2).jpg

 

 

BEIJO SUMIDO

 

Faço tudo por teu beijo

Nem que suba às montanhas da lua

Sabes bem o quanto desejo

Sentir o calor da minha pele, na tua

 

Teus lábios, me levam em perdição

Ao docemente os beijar

Não sei porquê, nem porque não     

Por eles morrerei a desejar

 

Dá-me o beijo que tanto ensejo

Se for preciso vou p´lo mundo perdido

Se não mo dás, eu prevejo

Ser um beijo p´ra sempre sumido

 

Beija-me, beija-me docemente

Tua boca na minha, é união     

Por ela escreverei eternamente

Pela pena que balança na minha mão

 

De: Fernando Ramos

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D