Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

11
Jul18

847 - UM BOCADINHO, ASSIM

Fernando Ramos

 

847 (2).jpg

 

  • UM BOCADINHO ASSIM

À loucura falta um bocadinho assim

Para se encontrar na alegria e no amor

E de braço dado com a vida vai por aí

Com a timidez, a insegurança e a dor

 

Também leva euforia e o medo

Neste manicómio que é a vida

Traz tantos dissabores e enredo

Até à morte que vem ligeira e decidida

 

A timidez, timidamente aparece

Nesta encruzilhada de sentimentos

É envergonhada e por vezes lhe apetece

Esconder-se dos tristes maus momentos

 

A loucura lá segue bem acompanhada

Surgindo percalços aqui, acolá e ali

Leva a esperança que é companheira e fada

E lhe mostra o amor, no tal bocadinho assim

 

De: Fernando Ramos

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D