Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

05
Jul18

844 - VAIVÉM DE PALAVRAS

Fernando Ramos

 

844 (2).jpg

 

 

  • VAIVÉM DE PALAVRAS
  • Estou por aí num vaivém
    De palavras de beber
    E de tanto entristecer
    Elas rolam na lágrima
    Do meu pouco saber
    E se mascaram na dor
    Na dor que faz doer
  •  
  • Nesse vaivém, vou por aí
    Procurando a paz que é utopia
  • Encontra-la num meio perdido
    De palavras não é fácil
    Não sei se sou capaz
    Esse é um segredo escondido
    Que vai p´la tristeza que temia
  •  
  • E agora Estou por aqui
    Na cauda da solidão
    Das palavras que me estão a ver
    Aguardando apenas
    Que eu não vá por aí
    Pelo impossível que é feitiço
    E que me leva sem saber
  •  
  • E ando de coração ao alto
    Rebuscando um fiozinho
    De bonança mágica
    P’ra que o amanhã me faça sorrir
    Deste sonho e meu momento
    Que no fim é uma dança trágica
    Mas também de esperança
    Nas palavras que me fazem andar
    Andar por aqui neste vaivem
  •  

De: Fernando Ramos

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D