Minha Poesia

13
Mar 18

806 (2).jpg

 

  • MINHA CABANINHA
  •  
  • Construí uma cabaninha 
    Junto ao mar calmo e salgado
    À entrada na sua portinha
    Desenhei um amor sonhado
  •  
  • Vivo dentro da cabaninha
    Na minha praia de mil sois
    E lá, na areia fininha
    Vejo-me acariciar lindos caracóis
  •  
  • E Nesse sonhar de simpatia
    Beijo, perfeitos olhos verdinhos 
    É na cabaninha cheia de magia 
    Que escondo estes segredinhos
  •  
  • Aí, imagino meu mundo de ilusões
    Escondido no imenso universo
    E num feitiço de sensações
    Acho-o tão bonito e perverso
  •  
  • Prefiro a praia dos mil sois
    Onde construí a cabaninha
    E á noite deitado entre lençóis
    Sonho o amor até de manhãzinha
  •  
  • Esta é a minha vida ansiada
    Também sonhada como futuro
    Dentro da cabaninha engraçada 
    Aguardo por um doce amor puro
  •  
  • Um dia, do mar ele surgirá 
    Será uma sereia bonitinha
    Comigo, decerto se casará
    E felizes, viveremos na cabaninha
  •  
  • De: Fernando Ramos
publicado por Fernando Ramos às 09:43

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Março 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9



31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO