Minha Poesia

27
Dez 17

740.jpg

 

 

  • MINHA MÃE, MINHA TERRA
  •  
  • Vou indo para a minha terra
    Por caminhos floridos de bom chão
    À sua beira vou colhendo à mão
    Lindas flores que perfumam a serra
  •  
  • Foi com amor que as plantei
    E que a natureza regou 
    P’ra minha mãe as levarei
    Preciosa oferta que Deus criou
  •  
  • São p’ra ela, que está gravida
    Dum irmãozinho que vai nascer
    E dum amor de tanto querer 
    Concedeu-lhe Deus bonita dávida
  •  
  • Quando chegar à minha aldeia
    Grande festa irei fazer
    Que se prolongará até à ceia
    Com minha mãe, a me enternecer
  •  
  • A ela sempre amarei
    Seu coração bem no fundo
    E, à minha terra, sempre voltarei
    Enquanto meu mundo, for mundo
  •  
  • De: Fernando Ramos
publicado por Fernando Ramos às 11:37

Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12

22




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO