Minha Poesia

24
Dez 17

 

 

737.jpg

 

  • ESCREVO
     
  • P’ra ti, escrevo de mil cuidados
    Poemas de minha alvura
    São pedaços de vida inspirados
    Em palavras de breve cultura
  •  
  • Pensamentos deitados num livro
    Que só p’ra ti, apenas para ti, editarei
    Em palavras endoidecidas sem castigo
    Que no meu coração são lei
  •  
  • Escrevo, e para ti rescrevo sem fim
    Poesia de amor e emoção
    São breves, e vão voando por aí
  •  
  • Buscando no vento, seu poiso manso
    Que, se não encontrar cairão no chão
    Mas escreverei na mesma, e não canso
  •  
  • De: Fernando Ramos
publicado por Fernando Ramos às 19:40

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12

22




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO