Minha Poesia

20
Dez 17

733.jpg

 

 

  • TRISTEZA QUE PERSEGUE
  •  
  • É infinita a tristeza
    Que amarra tanto tormento
    Não vai embora sua firmeza
    Só a solidão, é seu sustento
  •  
  • Ela faz muito padecer
    Na dor que não termina
    É companheira de mau viver
    Em destinos que desencaminha
  •  
  • Sua voz intima de dor
    Deixa a alma em pedaços
    Tem a morte como horror
    E infernos consumados
  •  
  • Vale a coragem do ser humano
    Para voltear tal sofrimento
    Vivem, com ela no desengano
    Que já não gemem seu lamento
  •  
  • Tristeza, porque persegues
    Vais num caminho sem volta
    Não vês que só tu consegues
    Levares corações à revolta
  •  
  • Um dia chegará teu final
    Aí, findará o desassossego
    Será um paraíso sem igual
    Ninguém sentirá mais medo

 

De: Fernando Ramos

publicado por Fernando Ramos às 10:56

Dezembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12

22




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO