Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

709 - TUA AUSÊNCIA

Fernando Ramos, 30.09.22

 

709 fr (2).jpg

  • TUA AUSÊNCIA
  •  
  • Vou observando teus silêncios
    E neles vou encontrando 
    o que procuro
    São desejos dos teus perfumes,
    Do teu olhar, do teu sorriso, 
    E dos nossos fins de tarde

  • No jardim próximo de nossa casa 
    Quando olhávamos o escapar do sol 
    Envolvendo-se no horizonte
  • Observava teus silêncios
    Neles vejo minha alma
    Que se vai lambuzando 
    Em recordações de teu amor
    Que me oferecias nessas tardes 
    De céu azul e quente, 
    Tão quente como meu coração
  • E de todas as verdades,
    As nossas verdades
  •  
  • Nesse teu silêncio, que seduz
    E me encanta
    Revejo a cumplicidade
    Num gozo, que era a nossa total paixão
    Como se fosse uma tontice adolescente
    Como tantas outras 
    Que por nossos puros momento passaram 
    Agora, apenas resta teus silêncios
    E tua ausência
    Que me cortam a saudade empregnada 
    Das tuas fragrâncias que agora vêem 
    Das estrelas que me observam,
    E eu aqui só 
    No jardim das nossas verdades
    E também da minha tristeza
  •  
  • de: Fernando Ramos