Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

708 - JARDIM DE CRAVOS

Fernando Ramos, 28.09.22

 

708 fr (2).jpg

  •  JARDIM DE CRAVOS
  •  
  • És o sol, e água da vida
  • Que todos os dias almejo
    Abasteces-me a alma sofrida
    Que de ti, sente tanto desejo
  •  
  • És um mundo que gira só p’ra mim
    E alegria do nosso jardim de cravos
    Meu coração, agora vagueia por aí
    Bebendo tua ausência aos tragos
  •  
  • És tudo p’ra mim, meu amor
    Solta de meu peito, a vil dor
    Tua saída na vida foi um acaso
  •  
  • Sei que desejas com furor
    Voltares ao jardim de esplendor
    Abraçando o amor no seu pedaço
  •  
  • De: Fernando Ramos
  •