Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

17
Nov17

703 MUSAS

Fernando Ramos
  • 703 fr.jpg

     

MUSAS

 

Na crista da onda
Musas navegam à bolina
Que na força do vento
Querem chegar a um destino 
Já jurado, e traçado

 

Elas irão encontrar rochas
Gastas por pedaços de tempo
Vão no desígnio do divino
Procurando seu refugio merecido,
Chegando sabe-se lá quando!

 

Talvez ao anoitecer,
Num pleno inverno
Cujos pingos de chuva 
As receberão numa praia,
Onde o brando som das marés
Certamente as convidará a ficar

 

Elas, chegarão com Deus
Que lhes oferece gomes de luz
Alumiando-lhes a alma
Na força poética

Do momento de chegada

 

E as Musas viajantes
Sabem perfeitamente que as ondas 
Companheiras se despedirão 
Ali na beirinha daquela praia 
Entregando-as nos braços das rochas
Que as irão abraçar
E acolher na sua dureza

 

de: Fernando Ramos

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D