Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia


16.08.15

  


 


BENFICA DAS COISAS BOAS


 


No velhinho Estádio de madeira


Tantas vezes calcei as botas


Sim calcei as botas, e vesti


O soberbo Vermelho e Branco


Tanto nos iniciados,


E já como Atleta sénior


Ali preenchia as minhas


Manhãs e tardes de coisas boas


E como era grande a paixão


de sentir no corpo


O mágico manto bom e sagrado


Brilhante de vibração mistica


que a Aguia leva nas asas.


Algum tempo passou


E o Estádio de madeira


Do Campo Grande, já não existe


E as botas hoje, são calçadas


Por outros Atletas, que com a mesma


Determinação, honra e verdade


Seja em que modalidade for


Vestem o mesmo colorido do amado


Vermelho e Branco,


Deixando os Estádios


Do tamanho do mundo


Com a mesma ânsia de servir


O glorioso BENFICA de coisas


Simples e boas


 


69 - de; Fernando Ramos

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D