Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

686 - REI DA RÁDIO

31
Out17

686 fr.jpg

 

 

  • REI DA RÁDIO
  •  
  • É um artista, da música ligeira
    Vai p’la estrada, cantando por aí
    Usa penteados à vedeta de feira 
    O mulherio, gosta dele assim
  • Sabe encantar, p’ra várias gerações
    E seus corações ficam desfeitos
    Nas meninas, espalha ilusões
    Com sua voz de amores perfeitos
  •  
  • Quando o vêem, gritam e choram
    Andam loucas, com seu trovar 
    Ele diz que as ama, elas adoram
    Mas nenhuma com ele, vai ao altar
  • Ouvem-no na rádio com emoção
    Sonham com ele em mil segredos
    Faz vibrar tanto coração
    Mas ama-los, causa-lhe medos
  •  
  • É o rei da rádio, p’ra todas elas
    E suas canções andam a beber
    Canta-lhes, que são frescas e belas
    E ele assim as anda a entreter
  • É um artista da música ligeira
    Vai p’la estrada, cantando por aí
    Usa penteados à vedeta de feira 
    O mulherio, gosta dele assim
  •  
  • De: Fernando Ramos

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.