Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

672 - ATRAVESSAR O VELHO RIO TEJO

Fernando Ramos, 11.08.22

672 fr.jpg

  • ATRAVESSAR O VELHO RIO TEJO
  •  
  • Atravessar o velho rio Tejo
    É alcançar a grande cidade
    Nas margens, viveu-se o desejo
    Do bom sabor da liberdade
    P’la ponte se atravessa o rio
    E na portagem se tem de passar
    Muitos, fazem-no dias a fio
    P’ra no outro lado trabalhar
  •  
  • E nas gentes deste lado do rio
    Moram pedaços da esperança
    Caminha por vidas sem desvio
    Em busca de rica herança
    E os da outra margem (Lisboa)
    Vêem chegadas, em corrupio
    A capital recebe tanta coragem
    Dum povo que atravessa seu rio
  •  
  • De: Fernando Ramos