Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

627 - PRIMEIRO BEIJO ROUBADO

Fernando Ramos, 10.05.22

 

627 (1).jpg

  • PRIMEIRO BEIJO ROUBADO
  •  
  • Vou só, pela nossa rua
    Contando as pedras da calçada
    Que tanta vez por nós foram pisadas
    E me lembro que foi ao caminhar nelas
    Que te roubei o primeiro beijo,
    O nosso primeiro beijo!

  • Também me recordo, que nós
    Com os olhos humedecidos de satisfação, 
    Jurámos amor eterno
    Que teu coração sempre o procurou,
    Dizes tu, agora no doce manso das tardes
    E eu, em resposta te digo sempre o mesmo 
    Desde esse dia: 
    Que ele seja eternamente doce,
  • Querendo continuar a fazer contigo, 
    O que a primavera oferece às cerejas
  •  
  • Tantos anos já passaram
    Desde esse primeiro beijo dado de fugida 
    E nós, ainda continuamos juntos. 
    Ele foi o inicio da nossa paixão, 
    Que no jardim próximo de nossa casa,
    Que agora o lembramos
  • Na suavidade do entardecer
    Pedindo nós, ao Redentor 
    P’ra que este amor, nem termine no paraíso 
    Que está tão próximo
    E que seja como as cerejas na primavera
    Que se não chover,
    Deus as fará crescer muito saborosas

    Fernando Ramos