Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia


21.03.22

 

591.jpg

  • O SONHO E O ROCHEDO
  •  
  • Meu sonho, escondo num rochedo
    À beira mar, onde habita
    Deixei-o coberto de manhã bem cedo
    Preso e atado por uma fita
  •  
  • É um sonho que meu passado pedia
    E larguei-o num rochedo que se banha 
    No futuro irei busca-lo, num certo dia
    Com uma sereia, que de tarde o apanha
  •  
  • Ela, a conquistei próximo do rochedo
    E logo naquele mar me apaixonei
    Falei-lhe do sonho, sem medo
    Agora em nossa vida ele é rei
  •  
  • Faz parte do nosso grande amor,
    Está no alto do rochedo, acima do mar
    Nele mora um desejo avassalador
    Querer a sereia p’ra sempre amar
  •  
  • Deus me concedeu este desejo
    Que me faz estar muito feliz
    Viver sempre com a sereia, eu ensejo
    Porque ela, é o sonho que sempre quis
  •  
  • De: Fernando Ramos
  •  

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D