Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

520 - LUA CURIOSA

Fernando Ramos, 08.01.22

  

520 fr (1).jpg

  • LUA CURIOSA
  •  
  • No universo das nossas noites de vigília
    vemos se abrirem portas na lua nova, 
    que nos espreita
    Lua essa, que traz a calmaria,
    de bem amar, embriagando-nos   
    com sua cálida luz
  •  
  • Temo-la como testemunha
    dos abraços, das caricias, dos ais
    e dos nossos murmúrios nocturnos
    Ela nos observa num céu 
    de tantos encantos,
    dando brilho a teus cabelos
    como se estrelas douradas fossem 
    Eles que se movem sobre meu peito,
    onde os afago
  •  
  • E por tuas costas 
    deslizam suavemente meus dedos,
  • explorando impunemente
    teus segredos, e subtilmente 
    entramos num jogo de prazer sublime
    que nos deixa um dentro do outro
    E a nossa lua de curiosidade
  • absoluta e rara beleza,
  • colhe o mel do nosso gozo,
    como um poema cristalino,
    de pura declaração de vida,
    de esperança e de amor 

    Silenciosamente em meu corpo
    deixas beijos que me fascinam, 
    fazendo desejar-te cada vez mais,
    e que, entendes bem no fundo de ti
  • E a lua, uma musa curiosa
  • lá está parindo claridade
    com seu brilho fascinante,
    como que, a sorrir para nós
  • brindado ao que sentimos
  • e ao que vivemos
  •  
  • de: fernando ramos
  •