Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

510 - SEDE DE DEUS

Fernando Ramos, 29.12.21

  

510 (1).jpg

  • SEDE DE DEUS
  •  
  • Vivi na longa escuridão
    E p’lo Divino fui iluminado
    Comigo morava a solidão
    E agora de fé, estou tocado
    Ele mostrou-me, o que não queria ver
    E fiquei deveras preocupado
    Por tanto tempo andar a perder
    Sem seu amor então encontrado
  •  
  • Neste meu brando despertar
    Minha vida totalmente mudou
    A luz que minha alma veio habitar 
    Faz-me revelar, que só não estou
    Agradeço ao Altíssimo Deus
    Por tanta bondade sua
    Amo outros irmãos meus
    E a escuridão por mim recua
  •  
  • Agora, sou escravo da alegria
    E pró futuro despertei
    Terminou minha agonia
    Em solidão não mais viverei
    Na minha busca de verdade
    A sede de Deus fui encontrar
    A ele, devo minha liberdade
    P’ra sempre o irei amar
  •  
  • De: fernando ramos
  •