Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

509 - SOMOS FILHOS DE OPERÁRIOS

Fernando Ramos, 28.12.21

  

509 (1).jpg

  • SOMOS FILHOS DE OPERÁRIOS
  •  
  • Somos filhos de operários,
  • com muito orgulho
    E comemos o pão que o diabo amassou
    Meus pais, laboraram bem no duro
  • Até à velhice, que infelizmente terminou

  • Eram operários, e os filhos criaram
    Nossos pais de absoluto amor
    Por nós, muito se sacrificaram
    Dando-nos o difícil pão do seu labor
  •  
  • Recordamo-los
  • Com incomensurável saudade
  • E seu amor p’ra nós era a voz de Deus
    Deixaram em meu coração sua bondade
    Como a todos os outros, irmãos meus
  •  
  • Seus exemplos, é a nossa esperança
    E um dia, os voltaremos abraçar
    No céu, Deus lhes oferece a bonança
    Que a vida cá, não lhes soube dar
    Foram operários toda a sua vida
    Com dignidade, honra, e gratidão
    Deram-nos tudo, até à sua partida 
    Herdando nós,
  • Um mar de amor no coração
  •  
  • de: fernando ramos
  •