Minha Poesia

24
Nov 21

  

 

  • NOTICIAS DA MANHÃ
  •  
  • Leio as noticias da manhã
    E nada que lá vem é novo
    Noticias de guerra, fome,
    miséria, e pouca paz
    Não sei se é uma leitura
    obrigatória, O que sei é que
    elas nos deixam deprimidos
  •   
  • Por vezes vou p'ra rua
    para o espirito aliviar
    Mas... azar, ao passar
    na banca dos jornais,
    lá está “escarrapachado”
    em páginas meia amarelas
    a vida no seu melhor, e pior
  •  
  • Porque se perde tempo a ler
    as noticias dos jornais?
    Se no nosso dia a dia
    encontramos os mesmos
    problemas das misérias do mundo
    ao lado da nossa casa,
    que são publicadas, ou não
  • E as leio com a mesma singularidade,
    com que saboreio o verde da natureza
    Mas não encontro boas respostas nelas,
    será melhor parar de ler?
    Já pensei o fazer, mas não

  • Ler jornais é tão trivial para mim
    Como o ar que respiro
  • Espero que amanhã as noticias
    me tragam novos horizontes 
    e um sabor a mel a meus lábios
    que velozmente as murmuram
  • só por serem boas noticias
    E não a perversão do mundo,
    cruel e inquieto, que exprime só,
    e apenas só, a vida entre 
    e fora de portas
  •  
  • de: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 21:01

Novembro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO