Minha Poesia

13
Nov 21

464.jpg

 

  

  • DOCE ERUPÇÃO 
  • Nossos corpos se unem em exaltação
    Na doida vontade de suspirar
    Parecem a fornalha do vulcão
    Que nos dá sensual prazer de amar

    Eles, se entregam subtilmente
    Na doce erupção que nos faz gritar
    Dando cor a um sentimento ardente
    Que apetece nesta forma de pecar

    E na nossa total nudez pura
    Sentimos o belo doce prazer
    Numa paixão, que em nós perdura

    Levando-nos à loucura sem dor
    Na sublime vontade de gemer
    Causada por um vai vem de amor

    De: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 19:27

Novembro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO