Minha Poesia

29
Nov 19

 

3 (1) (1).jpg

 


3 - PARA UM GUERREIRO

Não choro pelo guerreiro 
Que é meu herói 
Mas p’la sua ausência 
Porque é aí, que mais dói

O povo do meu país
Saudades dele, muitas tem
Porque sabe que o guerreiro
Do lado de lá, não vem

Ó lutas então travadas
O meu herói já não vem
O guerreiro jamais volta
Dos lados do além

Outrora ele voltou
Das masmorras do inferno
Trazia a esperança ao povo
Dum futuro bom e sério

Com ele veio a vitória
Duma guerra longa e escura
E de lá veio a esperança
Que ainda hoje perdura

Ninguém acreditou,
No meu herói guerreiro
Porque nos anos que passou
Tantos perderam no terreiro

fernando ramos

 

 

publicado por Fernando Ramos às 16:23

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


22
23

24
25
26
27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO