Minha Poesia

13
Mai 21

 

 

A PAIXÃO NOS MESES

 

Numa manhã de Janeiro
Nós olhávamos o horizonte
Vendo a chuva cair no sobreiro
Lá longe no cimo do nosso monte

 

Ali no monte, nos amámos em Fevereiro
Numa paixão louca e imensa
Mas, já tínhamos pensado primeiro
Se isso nos trazia uma dor intensa

 

Mas nós achamos que não
E em Março já estávamos casados
Tantos nos perguntaram, então
Quanto tempo estivemos enamorados

 

Dissemos que aconteceu no ano passado
Precisamente no mês de Abril
Numa tarde uma orquídea te tinha dado
Depois de olhares, que foram mais de mil

 

Assim nasceu uma linda relação
E em Maio dei-te uma rosa
Que a guardaste no teu coração
Porque ela era nossa, só nossa

 

Em Junho me apresentaste a teu pai
E também à tua mãe Manuela
Que com ele à pesca vai
Lá prós lados da ilha Canela

 

Foi em Julho que de férias fomos à praia
No Algarve, prós lados da Oura
Lá conhecemos a Joana e o marido Maia
Que moram em Vila Moura

 

Voltámos lá, no mês de Agosto
E fizemos um belo jantar
E foi aí que te recordei com muito gosto
Que para sempre, te ia amar

 

No Mês de Setembro ao entardecer
Que o recordo com muita emoção
Disse-te que havia um casamento a fazer
Porque o amor estava em ascensão

 

E em Outubro, disseste aos teus pais
Eles ficaram contentes e cheios de ais
Pois querem tudo, e algo mais
P´ra sua filha de encantos fatais

 

Esses dias para nós foram muito felizes
E em Novembro marcámos o casamento
E queríamos pelo menos dois petizes
Mas ainda não era o momento

 

E em Dezembro, o nosso amor era tanto
Que ao sexo resistias entre beijos meus
Combinámos que não seria por enquanto
Pois tínhamos de ir ao monte, rezar a Deus

 

De: fernando ramos

 

publicado por Fernando Ramos às 16:38

Maio 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9



31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO