Minha Poesia

24
Mar 21

 

 

  • ESCREVO POEMAS
  •  
  • Escrevo para o fadista
    Poemas para ele cantar
    De forma bastante simplista
    E facilmente os vai decorar
  •  
  • Eles falam de amor
    E de alguma tristeza
    Alguns até trazem dor
    Outros, alguma beleza
  •  
  • Ele canta a minha poesia
    Com bastante realismo 
    Eu sei que bem gostaria
    Que a posia tivesse heroismo
  •  
  • Isso não faço, e ele bem sabe
    Que os heróis para mim acabaram
    Porque anseio que a guerra acabe
    Chegando a paz que muitos sonharam
  •  
  • Para o fadista meu amigo
    Escrevo outros factos reais
    Aqueles que um dia levarei comigo
    Para um céu de nunca mais
  •  
  • O fadista canta, canta
    Minha escrita do faz de conta
    Porque assim ninguém se espanta
    Das historias que alguém apronta
  •  
  • Por isso ele faz o favor
    De ser meu grande amigo
    P´ra ele escrevo sem temor 
    Poesia de vitórias que imagino
  •  
  • De: fernando ramos - 242

publicado por Fernando Ramos às 16:27

Março 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

15
17
19

21
23
25

29
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO