Minha Poesia

18
Fev 21

 

 

  • AMIGO GOLFINHO
  •  
  • Tenho um golfinho amigo
  • Ali, p´ra águas do Sado
  • Andava triste e perdido
  • Mas um dia foi encontrado
  • Por Bisnau foi baptizado
  • E muito feliz ele ficou
  • Por amigos é bem amado
  • Que por eles se apaixonou

  • Ele é muito brincalhão
  • Porque muitas partidas faz
  • Vocês acreditem ou não
  • Do que este amiguinho é capaz
  •  
  • Então... não é que um Pescador
  • Que ia na sua traineira
  • Naquele mar de primor
  • Foi levado p´ra brincadeira
  • Por este golfinho descarado
  • Que a traineira fez balançar
  • Deixando o pescador bem molhado
  • Que com ele, não se foi zangar
  •  
  • Ó golfinho brincalhão!
  • Diz o pescador, ao Bisnau
  • Ando com as redes em mar chão
  • P´ra ver se apanho o carapau
  • E tu me deixas todo molhado
  • Neste belo rio salgado

  • O golfinho para as pazes fazer
  • Chamou os carapaus com rigor
  • Para uma bela pesca oferecer
  • Ao querido amigo pescador

  • Lá foram os dois muito contentes
  • Pelo Rio Sado, devagar
  • Levando como presente
  • Uma pesca de encantar
  •  
  • Bisnau, e o Pescador
  • Que no Sado muitos os vejam
  • Não dêem aos golfinhos dor
  • Que eles a nós, só nos beijam

  • de: fernando ramos  
publicado por Fernando Ramos às 12:00

Fevereiro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

15
17
19

21
23
25
27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO