Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

219 - A SAUDADE CHEGA

Fernando Ramos, 10.02.21

 

 

  • A SAUDADE CHEGA
  •  
  • Quando a saudade bate à porta
  • Meu coração é sofrimento
  • Mas isso pouco importa
  • Ela passa a qualquer momento
  •  
  • E, se a saudade não passar
  • Serei oceano num mar de amor
  • Cujas ondas me levam a navegar
  • P´lo meu peito, que sofre na dor
  •  
  • Por saudade há gente que sofre
  • Todos os dias a toda a hora
  • E também há quem delas morre
  • Porque a saudade não vai embora
  •  
  • Por isso amor vem depressa
  • P´ra meu coração tranquilizar
  • É que, tenho muita pressa
  • E de saudade estou a desesperar
  •  
  • Volta rápido meu amor
  • Alivia-me desta triste maldade
  • Vivo em perfeito pavor
  • Porque não parte a saudade
  •  
  • de: fernando ramos

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.