Minha Poesia

06
Jan 21

 

 

 

 

  • A AGUIA SE AGITA
  •  
  • Num jogo feio e mau
  • A derrota aconteceu
  • Mas a vã tristeza já sabe
  • Que a nossa força
  • Nunca, mas nunca esmoreceu
  •  
  • Foi na noite de choroso orvalho
  • Que o adversário ganhou
  • Deram-nos cartas
  • De viciado baralho
  • Num jogo que nos desgostou
  •  
  • Se o adversário a vitória mereceu
  • Por isso é agora maior
  • Parabéns p'lo feito que é seu
  • E num próximo frente a frente
  • Seremos certamente o melhor
  •  
  • Mas... se a sua vitória foi comprada
  • A um árbitro astuto que envergonha
  • Cuidado... A Águia se agita
  • E o torpe vencedor
  • P'las ruas é difamado
  •  
  • E os adeptos fortes e unidos
  • Se abraçarão ao seu Benfica
  • Ganhar no poker da mentira
  • É dizer adeus à dignidade
  •  
  • É dor que doe bem
  • Que saltita nos corações
  • De chorosa infelicidade
  • Que pelas nuvens altas
  • Do céu azul e branco
  • Carrega a desonra, e a triste mágoa
  •  
  • E nas asas da virtuosa Águia
  • Não irá esse tormento
  • Mas a certeza que no próximo golo
  • Numa jogada boa de momento
  • Nascerá mais uma vitória
  •  
  • Acrescentando outro pedaço de honra
  • Dignidade, honestidade e verdade
  • À grandiosa história de ser Benfica
  • Porque ser Benfica...
  • É a pura paixão intensa
  • Gravada no livro da vida
  • Do ser Benfiquista
  •  
  • Ser Benfica
  • É a Águia voando em liberdade
  • À face do sorriso das estrelas
  • E é o mundo a girar
  • Sobre a Bandeira da verdade
  •  
  • 21 - Fernando Ramos
publicado por Fernando Ramos às 18:33

Bom post, Alexandra
comprar nacional a 29 de Abril de 2011 às 21:42

Janeiro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13

22
23

25
26
28

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO