Minha Poesia

31
Out 21

  • SINFONIA COMPLETA
  •  
  • A vida é uma sinfonia
    Elaborada ao sabor do tempo
    Que se escuta dia a dia
    Num palco em movimento
  •  
  • Ela é singela, e bela
    Que se ouve mesmo sem querer
    E a vida tem notas dela
    Bem compostas de saber
  •  
  • O maestro, a dirige em pistas
    Pelas partituras, e sem pudor 
    Numa orquestra de bons artistas
  •  
  • E a vida toma a inspiração do poeta
    Que a constroe como bom escritor
    Numa admirável sinfonia completa
  •  
  •  
  • de: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 12:31

30
Out 21

 

 

  • UMA PARTE DE MIM
  •   
  • Uma parte de mim é um mundo
    Outra parte não é ninguém
    Uma parte de mim, é um grito profundo
    Porque a outra sofre por alguém
  •  
  • Uma parte de mim quer a guerra,
    A outra parte desespera por paz
    Uma parte de mim não sossega
    Se acabar com ela, não for capaz
  •  
  • Uma parte de mim é amor
    Outra parte, solidão e amargura
    A primeira vive sem dor
    A outra anseia por ternura
  •  
  • Uma parte de mim é poesia
    Outra parte ama viver
    Uma parte quer amar na noite fria
    Outra parte, diz poemas ao adormecer
  •  
  • de: Fernando Ramos
publicado por Fernando Ramos às 10:44

29
Out 21

  

 

  • BOCA DE ROSAS
  •   
  • Hoje, não te espero à nossa porta,
    mas sim por dentro da janela
    de madeira velha e trabalhada
    Colando eu, o rosto ás cortinas 
    de cores alegres e vistosas, 
    que faz da casa o nosso jardim
  •   
  • Já noite, muito tarde te vejo chegar 
    ao fundo da rua, e a lua meia escondida 
    comigo observa teu andar calmo e certo
    de virtudes e defeitos, subindo a calçada 
    já gasta p’lo tempo e p’los caminhantes
    que, no seu vai e vem trazem vida ao bairro
  •  
  • Vens pensativo e cansado, 
    de uma vida de trabalho e causas
    E a brisa desliza por tua face
    enrugada pelos anos, e por teus cabelos
    em desalinho, curtos e grisalhos, que para mim 
    ainda te torna atraente apesar da idade
  • Não me queixo por levar esta vida contigo, 
    sei que sou a tua âncora, 
    e ainda por vezes dizes que me amas

  • Por isso, te espero noite após noite na
    porta ou à janela, com o mesmo amor 
    e satisfação de quando éramos meninos
  • Fico feliz quando te vejo à entrada 
    da nossa casa, e tu para mim sorris
    Esse sorriso que me encanta todas as noites,
    e eu o beijo com minha boca de rosas,
    como tu por graça sempre dizes,
  • o que para mim é como tomar
  • uma chávena de prazer
  •  
  • Nós, nos deitamos com nossos corpos
    bem aconchegados um no outro,
    deliciando meu corpo o silêncio 
    dos Deuses, que anseia por muitas 
    outras noites tranquilas a teu lado,
    onde saboreamos o manjar do amor
  •  
  •  
  • de: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 20:17

28
Out 21

 

 

  • VOU AMAR, VOU AMAR
  •   
  • Vou amar, vou amar
    Uma linda princesa
    Meu peito anda arfar, arfar
    Por beijos de sua beleza
  •  
  • Seus lábios são flores,
    que invadem meu jardim
    Quero deles mil sabores,
    Prontos para um festim
  •  
  • Vou amar, vou amar
    Minha Princesa, em poesia
    E no seu reino vou citar,
    Poemas de fantasia
  •  
  • Um arco Íris de emoções,
    Vai no meu coração
    Sente doces palpitações,
    Por tonta sedução
  •  
  • Vou amar, vou amar
    Quem de beijos vai ser rainha
    E um dia a irei levar
  • Ao prior da capelinha
  •  
  • Ele, que nos irá casar
    No Castelo de amores sem fim
    E lá, iremos sempre amar,
    Num enorme frenesi
  •  
  •  
  • de: fernando ramos
  •  
publicado por Fernando Ramos às 16:03

27
Out 21

 

 

  • FONTE DA CIDADE
  •  
  • Encontrei-te, já não sei onde
    Numa rua, que também não lembro
    Mas sei que foi junto da fonte
    Num qualquer dia de Setembro
  •  
  • Ainda havia calor nessa altura,
    Quando em ti, vi tanta beldade
    Logo senti emocionante ternura,
    Que hoje recordo com saudade
  •  
  • Com o tempo tudo se some
    E tudo se transforma em pó
    Foste embora, e ficou teu nome
  •  
  • Também a tua graciosidade
    Que hoje me deixa triste e só
    Junto à fonte da nossa cidade
  •  
  • de: fernando ramos
  •  
publicado por Fernando Ramos às 12:47

26
Out 21

  

 

  • SENHORES DO TERROR
  •   
  • Eles se aproximam de mim, 
    e sempre estarão distantes 
    do meu saber e do meu querer, 
    e desunidos para me obrigarem
    a dizer o que sei
    São algozes da podre sociedade do mal, 
    e os cães guardadores do templo, 
    que mete horror e nos sugam
  •  
  • Dizem querer separar o trigo do joio, 
    como o bem do mal... 
    Qual bem, qual mal
    Como se eles fossem juizes
    em causa própria,
    e senhores da razão
  •  
  • Exploram seu semelhante sem dó,
    golpeando a alma do sonhador,
    mudando o curso de suas vidas, 
    não sabendo que o amor deles 
    por seu irmão de luta 
    É a voz dos Deuses 
    do Olimpo em harmonia
  •  
  • Agora querem minha pele, 
    e meu sangue
    Dizem que sou criminoso 
    só porque amo a vida, 
    a liberdade e a justiça, 
    por isso sou seu cadastro
  •  
  • Como são loucos
  • estas mentes do terror
    Como são loucos 
    os diabinhos do mal
  •  
  • Nas noites de horror, contemplo 
    meu passado numa sinfonia de dor,
    e digo para mim que valeu a pena
    as minhas lágrimas caídas 
    no oceano dos infelizes
  •  
  • O amanhã virá mais forte que hoje,
    talvez eu já não pertença 
    aqui, a este mundo
    de grossaria, cruel 
    e de sofrimento,
    mas certamente farei parte 
    do mundo dos justos,
    muito próximo da razão, 
    da minha razão
  •  
  • Pobres coitados, não percebem
    que os sobreviventes nunca serão 
    vitimas dos seus algozes, como se 
    eles fossem importantes, na sociedade 
    do bem e do amor, 
    nem sabem ao certo 
    do meu desprezo p´lo seu poder...

    de: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 10:53

25
Out 21

 

 

  • O SOL E OS MENINOS
  •  
  • No horizonte vai aparecendo
    O Sol que nos vai deliciar
    Meninos vão aprendendo
    No seu calor brincar, brincar
  •  
  • Olha o sol que está nascendo
    Seus raios brilham no mar
    O amor nele, se vai aquecendo
    Em beijos, que namorados vão dar

    O sol é a fonte da vida
    Que a todos vai brindar
    É como um cavalo sem brida
    Rápido e feliz no seu cavalgar

    Olha o sol no horizonte
    Que bonito que ele está
    Rufam tambores no monte 
    Em homenagem ao Deus Rá

    E já o sol, vai posto
    P´ra a noite começar
    Os dias tem o seu rosto
    P´ra vida continuar

    Lá foi o sol embora
    Os meninos já não vão brincar
    A noite apareceu na sua hora
    P’ra no seu fim, outro dia raiar
  •  
  •  
  • de: Fernando Ramos
publicado por Fernando Ramos às 20:41

24
Out 21

 

 

O HOMEM MAU, MAU
(rap)

 

Eu quero muito rir,
E ainda vou dar pau
Na cabeça 
Do mau, mau

 

Há por ai um senhor
Que nem os seus respeita
E já o baptizaram 
Com o nome de mau, mau

 

Então não é que o senhor
Se julga justiceiro,
Foi o povo que se enganou
E o promoveu a primeiro

 

Aparece na Televisão
Com aquela cara de pau,
Julgando que quem o vê
Faz dele o homem mau, mau

 

E toca atacar tudo e todos
Com medidas más de mais,
Acompanhado por doutores
Que, como ele são outros tais

 

Pobre gente que é tão fraca,
Que se julgam os maiores
Mas há gente que já está Farta,
E já diz que estes são os piores

 

Tem cuidado ó mau, mau
Que começa a ser de mais
Muitos querem dar-te com o pau
E do poleiro ainda cais 

Eu quero muito rir,
E ainda vou dar pau
Na cabeça 
Do mau, mau

  

De: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 18:06

23
Out 21

  

 

  • O SONHO E A ARTE
  •  Fazemos tudo por um sonho,
    que a vida o vai guiando 
    neste nosso mundo feio,
    triste, hipócrita e de ganância
    P´lo sonho dá-se tudo,
    e por vezes também p´la arte
    Arte essa que leva o artista
    percorrer léguas no destino,
    para que fique para a eternidade
  • e nem sempre os homens
    do puder a repartem
  •  
  • Alguns predestinados são verdadeiros 
    depositários da arte
    desde que nascem com esse dom 
    Só muito mais tarde é que outros
  • percebem quanto ela é preciosa e estimada,
    e pode estar tão próxima de todos
    Mais perto do que se imagina,
    basta só ter vontade de a partilhar
  •  
  • Porque levamos tanto tempo
  • para concretizar nossos sonhos, 
    e para perceber que a arte 
    é p´ra ser distribuída por todos,
    e se ir envelhecendo com ela 
    sem deixarmos de ser crianças
  • porque podemos a desfrutar 
    como nosso brinquedo
  • Porque se leva tanto tempo 
    a repartir a arte por todos
    Porque se leva tanto tempo 
    a compreender os nossos sonhos
    Porque se leva tanto tempo 
    a ser-se feliz realizando o sonho
    com respeito pelo próximo
    dando-lhes o que Deus
    deixou em silencio à mãe natureza,
    a ARTE
  •  
  • de: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 16:38

22
Out 21

  

 

  • SORRI SEMPRE
  •  
  • No nosso doce leito, 
  • Vejo-te dormir tranquilamente
    Pareces sonhar com os anjos,
    Um sonho maravilhoso, talvez
    Mas porque sorris?
    Tua beleza está docemente
    Mergulhada nesse sorriso 
    E no teu dormir
    Como és tão bela!
  •  
  • Vejo-te assim deitada
    E contemplo tua nudez
    Que me tortura de prazer
    Sorris... Mas sorris porquê?
    Minha ânsia de saber 
    Do teu sorriso aumenta,
    Como aumenta o brilho 
    De meus olhos que te veneram
  •  
  • Fico olhando, 
    Olhando o belo quadro
    Deste no nosso leito
    Que guarda ternos segredos
    Sorri, sorri sempre meu amor
  •   
  • de: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 12:35

Outubro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO