Minha Poesia

30
Abr 21

  

  • GENTES DE TAPROBANA
  •  
  • Em muitos mares navegou 
    E foi aportar a Taprobana
    De lá poesia enviou
    Que cá se lê com muita chama
  •  
  • E foi Camões o portador
    Da bela arte de escrever
    Escreveu "Os Lusiadas" num primor
    Que milhões andam a ler

    Algumas trovas ali escreveu
    Para marinheiros de mau mar
    Todas p´ra amada que o eterneceu
    Agora, muitos as andam a cantar

    Dizem, que lá foi acarinhado 
    Por gentes de muita arte
    Fez poesia que deu fado 
    Que se canta em qualquer parte

    É uma ilha de gente feliz
    E os poetas recebe bem
    Taprobana, é como Deus quis
    Que a todos os ama também

    Taprobana meu amor,
    Um dia passaste a Ceilão
    És uma ilha de muito sabor
    Hoje, e desde então

    Siri Lanka, te chamas agora
    Porque a história assim o quis
    Teu nome é mudado desde outrora
    E a poesia, é o povo que a diz

    de: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 12:18

29
Abr 21

 

 

  • SOLTEI UMA LÁGRIMA
  •  
  •  
  • Soltei uma lágrima,
    não é de alegria
    nem de tristeza
    Caiu no meu mar de ilusões,
    agora anda perdida nas ondas
  •  
  • Soltei uma lágrima, 
    mas não é de mel,
    essas só as abelhas nos oferecem
    Era de afectos 
    que há muito não sinto
  •  
  • Soltei uma lágrima,
    e era de ternura
    gravada em tempos 
    passados em nossos beijos
    agora não sei para onde vai
  •  
  • Soltei uma lágrima,
    não era de enganos
    nem de desenganos
    À muito que os deixei de ter,
    foram com o vento siroco
  •  
  • Soltei uma lágrima,
    não era doce
    porque essas deixaram
    meus olhos, que hoje 
    olham o vazio que me encontro
  •  
  • Soltei uma lágrima,
    mas esta é brilhante
    Será que me encontrei,
    poderei voltar a sonhar
    e não voltarei andar perdido
    num tempo de solidão
  •  
  • De: fernando ramos
  •  
publicado por Fernando Ramos às 10:16

28
Abr 21

 

 

  • SEM NADA

    Uma vida de luta
    e de trabalho,
    é o que nos espera 
    desde que nascemos.
    Privilegiados são aqueles
    que vem de famílias abastadas,
    esses, nada é preciso para atingir 
    objectivos tudo lhes vai ter
    às mãos com facilidade 
    Chegando a estragar o bem 
    que a vida lhes proporciona
    Levando o povo a dizer por vezes,
    que Deus dá nozes
    a quem não tem dentes
    Agora quando se vem do nada, 
    quando nada se tem, 
    tudo é preciso
    Quando com luta, trabalho
    e persistência, se consegue 
    algumas vitórias na vida 
    Aí o orgulho é enorme, 
    e o prazer de ter alcançado 
    objectivos é sublime.
    Vida sem luta,
    é como um jardim
    Onde faltam flores
    Assim, sem nada 
    quase todos os dias temos 
    desde que nascemos
    O resto...
    Bem o resto que vem depois 
    é que é importante

    de: fernando ramo
publicado por Fernando Ramos às 22:28

27
Abr 21

265.jpg

  • ANDO PERDIDA
  •  
  •  
  • Perdida,
    Perdida estou
    Desta minha vida sofrida
    De nós, pouco restou
    Senão beijos de fugida
  •  
  •  
  • Perdida,
    Perdida estou
    De um amor por ti falhado
    Disseste, e meu coração chorou
    Que entre nós tudo tinha acabado
  •  
  • Perdida,
    Perdida estou
    Nas minhas noites de solidão
    Foste embora e pouco ficou
    Senão de ti, uma curta paixão
  •  
  • Perdida,
    Perdida estou
    De estar tão só, e bem no fundo
    Mas agora minha vida recomeçou
    Procuro outro amor no mundo
  •  
  • De: fernando ramos
  •  
publicado por Fernando Ramos às 19:29

26
Abr 21

 

 

  • NASCER DO SOL
  •  
  • Eu vejo nascer o sol
    Em todo o seu esplendor
    Ele é lindo, e o meu farol 
    Que nos traz muito calor
  •  
  • Ele nasce pela aurora
    Como sempre aconteceu
    Já era assim nos tempos de outrora 
    Por isso é de todos, e não só meu
  •  
  • Da janela o estou a ver
    Que até me causa admiração
    Um dia sei que o vou perder
    Porque aí, perco minha razão
  •  
  • É a fonte da minha alegria
    E de todo o meu viver
    Ele cria maior simpatia
    A quem o vir nascer
  •  
  • Para nós ele brilha
    Com muito bom humor
    Dá-nos uma imensa euforia
    E todo o seu seu calor
  •  
  • Ó sol do nosso coração
    Brilha com muita formosura
    Dá-nos sempre algum pão
    Que a ti, daremos ternura
  •  
  •  
  • De: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 17:14

25
Abr 21

 

  • IDEIA LOUCA
  •  
  • A mais bela e lúcida
    Ideia louca
    Partiu de ti meu amor
    No outro dia
    Deste-me um beijo 
    De fugida
    E aconteceu nascer
    Ansias antes adormecidas
  •  
  • Porque me beijaste assim?
    Tu partiste e fiquei só
    De ti ficou o toque e sabor
    Dos lábios ardentes que amo
    Deixando os meus
    Perdidos de paixão
    E sonhando ternamente
    com recônditos segredos teus
  •  
  • Se a gente se amasse
    Só mais uma vez
    Penso que seria o recomeçar 
    Do nosso amor adormecido
  •  
  • Beijaste-me de fugida
    E meu coração gostou
    Não partas meu amor
  •   
  • de: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 12:24

24
Abr 21

  

 

  • PERGUNTO
  •  
  • Pergunto,
    A Deus por meu futuro
    Mas o coração diz p´ra ter calma
    É que andam a destruir o mundo
    E eu, tenho de salvar a alma
  •  
  • Pergunto,
    Aos políticos do meu país
    O que vai haver de bom pró povo
    Eles a mim nada dizem
    Não esperemos nada de novo
  •  
  • Pergunto, 
    Às acácias pela primavera
    No Outono que está presente
    Elas dizem que ainda vem longe
    O bom tempo agora ausente
  •  
  • Pergunto,
    Ao vento pelo meu amor
    Não responde, e me deixa triste
    Vento diz-me lá por favor
    Senão o coração não resiste
  •  
  • Pergunto,
    Ao sol pela aurora
    Ele diz que chega de manhãzinha
    Mas pelo que andam a fazer agora
    talvez no futuro só seja noitinha
  •  
  • Pergunto,
    À morte quando chega
    Ela não responde a mim
    Ela nunca responde a nós 
    Aparece um dia por aí
  •  
  •  
  • de: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 10:53

23
Abr 21

 

 

  • SORRIR SEMPRE
  •  
  • Quando sorris para mim
    uma estrela está mais cintilante
    Quero que seja sempre assim
    P´ra meu coração ficar escaldante
    E dele eu quero sim
    Um amor muito ofegante
  •  
  • Teu sorriso é a minha perdição 
    Em nossos momentos de ternura
    Ele me enche o coração,
    E meus lábios de doçura
    E ao vê-lo, aumenta minha paixão
    que me leva à loucura
  •  
  • O teu sorriso maravilhoso
    Me causa enorme alegria
    Em teus lábios é tão gostoso
    dar beijos de fantasia
    E se beija-se teu corpo jeitoso
    Eu nem sei o que faria
  •  
  • Sorri sempre meu amor
    Mesmo quando não merecer
    Nessa altura poderei sentir dor
    Mas dele não me irei esquecer
    São sorrisos de muito esplendor
    Que minha vida vai aquecer
  •  
  • Teu sorriso não é uma ilusão
    E nem uma quimera perdida
    Ele transborda meu coração
    Em toda a minha vida exaurida
    E é sempre uma boa razão
    P´ra uma felicidade acrescida
  •  
  • Quanto amo esse sorriso
    é segredo meu, bem sei
    Por ele morro se for preciso
    porque em vida o amarei
    E mais não direi quanto a isso
    Porque por ele me perderei
  •  
  • Pró sorriso escrevo poemas
    De alegria e alguma singeleza
    Dele quero escrever apenas
    quanto grande é a sua beleza
    E escrevo em frases pequenas
    Que ele não me dá tristeza
  •  
  • Do teu sorriso muitos falaram
    e de teus lábios também
    Até houve artistas que cantaram
    Poesia escrita por gente de bem
    Eram poemas que muitos amaram
    E de paixões que foram mais de cem
  •  
  • de: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 20:43

  

 

  • PORTO CIDADE BONITA
  •  
  • Nosso Porto de tanta magia
    Muitos corações te adoram
    De ti se faz bela poesia
    E por ela alguns se enamoram
  •  
  • Ó leal, invicta cidade
    Todo o Portugal te aclama
    A tantos trazes felicidade
    E dás de ti, a quem te ama
  •  
  • O teu bonito Rio Douro
    Como teu grande amigo
    É um grande tesouro
    Que o guardas bem contigo
  •  
  • És terra de gente bonita 
    Que por ti apaixonados ficam 
    Fizeram-te uma cidade catita
    P´ra todos os que te visitam
  •  
  • Cidade romântica e bela
    Que tantos ela ama
    P´ra aqueles que vivem nela
    O Douro é sua bela dama
  •  
  • de: fernando ramos

  •  
publicado por Fernando Ramos às 18:27

22
Abr 21

259 fr (1).jpg

  • POETA DO POVO
  •  
  •  
  • Sou poeta vindo do povo
    E do seu meio eu venho
    P´ra ele, eu me disponho
    Escrevendo com empenho
  •  
  • Meu povo, meu viver
    Eu a ti pertenço
    Foste tu que me viste nascer
    Só não sei, se te mereço
  •  
  • Depois de mim, outros virão
    Poetas de um país maior
    Povo, para ti escrevo ao serão
    A minha poesia menor
  •  
  • No seio do povo estarei sempre
    Queiram os senhores ou não 
    Para eles escrevo contente
    Poesia ditada p´lo coração
  •  
  • Não vale a pena de mim falar
    porque à poesia me dou
    Estou no povo, não à volta a dar
    E sou aquilo, que sou
  •  
  •  
  • de: fernando ramos
publicado por Fernando Ramos às 15:15

Abril 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO