Minha Poesia

18
Jun 20

 

73 (1).jpg

 

 

MEU CASTIGO

 

Ser mulher de má vida

é um destino traçado

Deus assim o quis

que vivesse em pecado

 

Esta vida de mil perigos

a tantas, ela foi dada

não merecem tal castigo

De tal vida desgraçada

 

Só Deus sabe porque merecem

esta triste má sorte

Fazer mulher da vida

até à sua hora da morte

 

Nasceram na podridão 

e que culpa elas tem

A vida para lá as levou

que infeliz castigo seu

 

É uma maldição muito grande

nas suas vidas tão curtas

que mal fizeram a Deus

para terem vidas de lutas

 

Desde muito novas

levam má vida sem razão

Por todos os seus pecados

a Deus pedem perdão

 

de: fernando ramos
22.7.2005

publicado por Fernando Ramos às 14:39

Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO