Minha Poesia

12
Jan 21

 

 

RECORDAÇÃO TRISTE


Recordações tuas vou tendo

na cor negra das noites

espreitando as estrelas

Esperando ansiosamente

teu regresso na saudade derradeira  

Em sonhos vejo-te montada

num cavalo alado

com teus longos cabelos

beijando a face bela do vento

vindo em minha direcção

num trote estonteante

que perturba as ternas fadigas de amor    

fazendo parar minha respiração

Difícil está esta espera anciosa    

por uma noite adormecer em teu regaço

Mas não passam de sonhos

Farei um pacto com Deus

envolvendo-me nos meus silencios  

Esquecendo-te por não poder passar mais

a minha vida nas quenturas da noite

sempre ansioso que voltes

e permanentemente com lembranças

dos nossos tímidos jogos de sedução

Meus dias passam ficando tristes e vazios

nas vermelhas passadeiras da ilusão  

De que serve esperar na solidão

e nas recordações sustentada da tristeza 

 

de: fernando ramos

 

 

publicado por Fernando Ramos às 11:35

Janeiro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

13

22
23

25
26
28

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO