Minha Poesia

30
Nov 19

 

5 (1).jpg

 

POBRE DA VERDADE

 Pobrezinho eu serei
Com muita dignidade
A vida me ensinou
Falar sempre verdade

A verdade dói a todos
Talvez com muita razão
Mas carrega muito saber
A um pobre de tostão

Nesta vida pobre sou
Com altiva emoção
Em outra, alguém rico ficou
Mas pobre de solidão

Os anjos que este pobre tem
A ele dizem tanto respeito
São dos bons e mais de cem
Morando dentro de seu peito

Pobre e feliz fui aprender 
De algum saber e esperteza 
Que mais poderia querer
De tamanha gentileza

Pobre da verdade não estou
E p’ra mim é um céu formoso
De poucos bens, feliz eu sou
Em meu chão bem precioso

Fernando Ramos

publicado por Fernando Ramos às 14:25

29
Nov 19

4.jpg

 

 

4 - PARTIDA
Hoje partiu um amigo
Um amigo de verdade
Com ele foi uma vida
E também sua bondade
Em outros dias passados
Alguém se lembrou de ti,
E dos momentos de pecados
Que vivemos por aí
Adeus amigo que fugiste
Prós campos da eternidade
Deus quer que partamos
No espírito de humildade
Ó sinos do meu país,
Ó poetas da minha cidade
Tocai Trovas a Deus
Em poemas de saudade

fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 21:43

 

3 (1) (1).jpg

 


3 - PARA UM GUERREIRO

Não choro pelo guerreiro 
Que é meu herói 
Mas p’la sua ausência 
Porque é aí, que mais dói

O povo do meu país
Saudades dele, muitas tem
Porque sabe que o guerreiro
Do lado de lá, não vem

Ó lutas então travadas
O meu herói já não vem
O guerreiro jamais volta
Dos lados do além

Outrora ele voltou
Das masmorras do inferno
Trazia a esperança ao povo
Dum futuro bom e sério

Com ele veio a vitória
Duma guerra longa e escura
E de lá veio a esperança
Que ainda hoje perdura

Ninguém acreditou,
No meu herói guerreiro
Porque nos anos que passou
Tantos perderam no terreiro

fernando ramos

 

 

publicado por Fernando Ramos às 16:23

 

2 (1) (1).jpg

 

 2 - ESPERANÇA NO CORONEL

Foste um trovão de Abril
E quando o silencio,
E a tristeza teimava ficar
A tua alegria nos apareceu
Com honra e generosidade 
P’ra quem não tinha esperança
Obrigada p’la tua bondade
O povo, o teu povo
Jamais esquecerá teu heroísmo 
Neste inverno que se aproxima
Contigo um dia a esperança chegou
E com ela, a força da tua razão
E a Liberdade dum povo renasceu
E agora que partiste 
Nos deixas a lágrima que cai
P’lo militar que nos fez sorrir em Abril
Porque a saudade se aproxima
E com ela, novamente a solidão
(fernando ramos
12.06.2005)
(meu poema A Vasco Gonçalves - e Salgueiro Maia)
publicado por Fernando Ramos às 14:30

1 (1) (1).jpg

 

1 - POMBA PERDIDA 


Nas asas da pura pomba 
Vai todo o meu amor 
Nelas voa minha vida 
E também meu pavor

Não sei o que pensar 
Se a Ave não chegar 
Será que vou morrer 
Por causa de a perder 


Ó pomba vem depressa 
E cura-me esta ferida 
Sem ti não irei viver 
Nesta selva perdida 


E, se ela não voltar 
Eu sei que vou sofrer 
Meu coração vai sangrar 
Por meu amor perder 


 Volta pomba por favor 
Tu tens a minha razão 
Sem ti perco o fulgor 
 E morro na triste solidão 


Fernando Ramos
5.06.2005 


(este foi o meu primeiro poema)

publicado por Fernando Ramos às 10:14

21
Nov 19

 

1100..jpg

  • SOMOS AVÓS
  •  
  • Somos avós de eterna felicidade 
  • Vivendo um profundo doce amor
  • Estamos no meio do carinho e da ansiedade
  • Vendo no olhar das netas, nosso mundo risonho
  •  
  • Sermos avós é como novamente ser criança
  • E voltar ao passado nunca tristonho
  • Povoando a vida de bonita Esperança 
  • Vivendo o momento num feliz sonho
  •  
  • São tempos por Deus abençoados
  • Os sorrisos das netas para nossa felicidade
  • Nunca perdida nos filhos amados
  • Nossos tesouros de vida de tanta vaidade
  •  
  • E quando nossas netas beijam nossa pele enrugada
  • Um brilhozinho nos olhos nos deixa a face florida
  • Enchendo de amor toda a saudade amargurada
  • Sendo para nós avós, um chão de toda a vida
  •  
  •  de: Fernando Ramos

 

publicado por Fernando Ramos às 10:48

20
Nov 19

 

1099..jpg

 

  • 1099 - AMOR DE CRISTO
  •  
  • Percorro ruas de vários locais
  • Vendo gentes do meu país
  • Vejo diferenças abismais
  • E ainda mais do que não quis
  •  
  •  E entre multidões desiguais
  • Vejo sombras de várias cidades
  • Parecendo fantasmas ancestrais
  • Em rostos sem esperanmça e sem idades
  •  
  • Vejo idosos abandonados
  • E crianças com alguma graça
  • Alguns jovens afortunados
  • Mas, mais de futuros desgraçados
  •  
  • Este é hoje meu país de tantos ais
  • Dos grandes herois de muita história
  • E na tristeza amargurada vejo demais
  • Pessoas deambolando sem gloria
  •  
  • Palmilhando cada esquina, cada espaço
  • Vejo desempregados tristes por aí
  • Buscando sorrisos ou um abraço
  • E o que encontram é desespero sem fim
  •  
  • P´ra quem caminha à dariva
  • Infelizes sem esperança e cansados
  • Resta amor de cristo na sua vida
  • Quem em seu coração, os tem abrigado
  •  
  • de: Fernando Ramos
  •  
publicado por Fernando Ramos às 19:34

  

1098.jpg

 

  •  O TEMPO VAI CORRENDO 
  •  
  • Pela lei do destino todo ser humano se vai
  • Tornando mais velho com o correr do tempo
  • E se esse tempo for mal passado e mal vivido 
    Envelhece mais rapidamente com a idade
    Parecendo que ser novo é tempo perdido
  •  
  • Todos nós nos tornamos rapidamente mais velhos
    Quando em demasia só pensamos em nós
    Não querendo saber dos outros
    Sendo esse egoísmo um mal da sociedade
  • Que ficará como fiel companheiro na vida
    E que nos levará rápidamente
  • Pela eterna solidão perdida
  • Em sonhos e certezas falhadas 
  • Tornando-nos ainda mais idosos
    Por paramos de lutar
  • Nao pensando que poderá
  • Ser a janela que a vida nos oferece 

    Com o passar dos anos no tempo  
    Todos nos tornamos sabios da vida
  • Como da dor, da nostalgia e da alegria
    Que nos vai ajudar a compreender
    Como vale a pena lutar por algo
    Que faz viver bem melhor com o destino
  •  
  • Com o passar dos anos
  • Na memória se guarda um
    passado, bem ou mau vivido
    E então é ai que se percebe
  • O quanto perdemos ou ganhámos    
  • Com a certeza que se deveria aproveitar
  • O melhor da vida que Deus nos oferece
  •  
  • Ser idoso nao é preocupante
    Se vêr a vida com bons olhos
  • Preocupante é ser mesmo velho
    Nas ideias, e nas atitudes 
    Recusando a mudança
    Que a vida diz ser como algo natural
  •  
  • Se formos positivos ou generosos
    Com o passar dos tempos, nossos olhos
    Pulam naquele brilhozinho malandro do amor
    De quando se era novo 
    Que nos fazia arder na chama imensa da paixão
    Por isso nunca se deve deixar
    Que a tristeza do passado e o medo ao novo
    Termine com a alegria
    Dum bom presente, e do futuro

  • O tempo que por todos vai passando
    Devem ser sempre uma bela conquista
    E não algo que se vai perdendo na idade
  • Ou no silencio das palavras deitadas em papel
  •  
  • de: Fernando Ramos
     

 

 

 

publicado por Fernando Ramos às 10:57

19
Nov 19

 

1097.jpg

 

  • 1097 - MEU TEMPO
  •  
  • Eu sou quem o tempo ensinou
  • Amar a vida, e nunca disistir
  • Da luta
  • Recomeçando na derrota
  • Renunciando às palavras
  • E pensamentos negativos
  • Porque o tempo por mim
  • Também vai correndo

de: Fernando Ramos

publicado por Fernando Ramos às 19:33

1096.jpg

  VIVER A SAUDADE

  • Vou caminhando vagarosamente
  • Pelo jardim de meu bairro
  • Sentindo o canteiro das rosas
  • Cantar aromas no silencio do momento
  • Quando por ele lentamente passo
  • E vou mergulhado em pensamentos
  • E pedaços timbrados de emoções
  • De tempos passados
  • Já gravados em folhas velhas de papel
  • Onde ficaram momentros das palavras
  • Não ditas de toda a vida
  •  
  • Lá vou caminhando, pensando na razão 
  • De tudo o que fui, vivi e sonhei
  • E que nunca contei
  • Para que a minha paz seja
  • Perpetuáda na existencia do meu tempo 
  • E que no meu puro silencio 
  • Apenas escute os ruidos do mundo
  • Que me rodeia, sabendo
  • Que já amei, chorei
  • E de tudo isto da vida
  • Aprendi a sentir e a viver a saudade
  •  
  •  de: Fernando Ramos
  • 22.6.2019

 

publicado por Fernando Ramos às 11:33

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


22
23

24
25
26
27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO