Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

913 - AVÓ

29
Jan19

 

913.jpg

 

  • AVÓ
  •  
  • Ser Avó, é ser duas vezes mãe
  • Um tesouro para se guardar
  • Muitos a querem, e só alguns a têm
  • Porque a vida nos leva
  • Esse bem de amar
  • Avó, coração ardente
  • Todos a beijamos pela vida fora
  • Dá-nos um colo doce e quente
  • Bem guardado em nossa memória
  •  
  • De: Fernando Ramos

912 - TEU BEBÉ

28
Jan19

912.jpg

 

 

TEU BEBÉ

 

Quando teu bebé te der

Pela primeira vez

Seu choro e seu dedinho

É o seu grito de emoções

Caminhando direitos

A, teu coração

E tu sorris de felicidade

Ao bebé lhe dizes que és

Seu puro e eterno amor

E seus olhinhos te dizem:

“Nasci mãe, sou fruto do vosso amor”

E orgulhosamente gritas ao mundo

Fixando seu rosto pequenino

“É o meu bebé, é a minha vida”

E teu coração irá ama-lo sempre

Como se não houvesse um amanhã

De pequenos momentos

Porque um dia orientarás

O voo do seu futuro

E irás perceber

Como esses momentos eram grandes

 

De: Fernando Ramos

911 - Sr. DR. DUPUTADO DA NAÇÃO

11
Jan19

911 fr.jpg

 

 

911 - SR. DR. DEPUTADO DA NAÇÃO

 

Sr. Dr. Deputado da Nação

Que bem que vós falais

Diz mentiras sem razão

Não nos prometa mais

 

Estamos fartos de promessas

É fartura de tanta ilusão

Tudo isso são só conversas

Que ao povo faz confusão

 

O que diz vai de lambreta

 Pró lugar que o povo sabe

É tudo conversa da treta

Que em eleições já não cabe

 

Uma mentira aqui, e outra ali

Já todos sabemos como é

As falsidades vagueiam por ai

Julgando que o povo é a ralé

 

Está enganado Sr, Doutor

Não somos assim tão parvos

Suas leis são um horror

P'ra quem não tem centavos

 

Essa de fingir marcar o ponto

Quando chega a Sexta Feira

Só engana quem é tonto

 Ou não passa de brincadeira

 

Vamos lá mudar o discurso

Está na hora da sinceridade

O povo não é urso

Só lhe exige a verdade

 

 De: Fernando Ramos

 

  

 14.12.2008

 

 

 

910 - MUITOS PASSOS

08
Jan19


910 (2).jpg

 

MUITOS PASSOS

 

O amor dá-se

E recebe-se do mesmo jeito

 

Assim:

Prós que me amam

Do fundo do coração

Uma delicia de amor

P´ra todos eles

 

Prós que me invejam

A perder de vista

OUTRA

 

Porque a vida é mesmo assim 

Construída de MUITOS  passos

De amor até doer

E de muitos nadas

De doidos varridos

 

De: Fernando Ramos

9.3.2013

909 - DOR GRANDE E FRIA

05
Jan19

909.jpg

 

DOR GRANDE E FRIA

 

Meu caminho foi desviado

Pró teu coração de amor

Foi um passo que dei errado

Hoje sofro a dolorosa dor

 

Enganas o meu amor

A toda hora sem parar

É um tempo bem sofredor

E rápido quero terminar

 

Não mais sinto prazer

Dos nossos lábios unidos

Era poesia p´ra meus olhos dizer

Como os teus eram-me queridos

 

Se comigo não mais viveres

A dor será grande e fria

Irei embora e sem saberes

De ti fugirei noite e dia

 

de: Fernando Ramos

908 - O POVO ANDA NA RUA

04
Jan19

 

908 (2).jpg

 

 

 

O POVO ANDA NA RUA

 

O povo anda Rua

A gritar por seu  País

Os Políticos vivem na Lua

E não percebem o que ele diz

 

Julgam que sua Democracia é eterna

E não querem saber da dor dum povo

Só p´ra alguns esta gente governa

Não percebendo o desejo de Abril Novo

 

Canta-se Grândola Vila Morena

O hino da luta e da razão

Sabendo o povo que vale a pena

Dar força à voz do coração

 

Políticos, ouçam e se cuidem bem

Portugal anda mal Governado

Não percebem a força que o povo tem

Quando vai p´ra rua muito zangado

 

O que nos está acontecer é medonho

E nada disto é natural

O povo vive p´ra um belo sonho

Só quer ser feliz em Portugal

 

De: Fernando Ramos