Minha Poesia

28
Mar 17

  

 

AJUDA DE DEUS

Deus, achou que mal fizera
Do pecado peço perdão
Ó Divino quem me dera
Que me concedas tua razão

Bem tento não pecar
Mas a tentação não deixa
Ajuda-me, o mal ultrapassar
E que meu sentimento veja

Na tua infinita bondade
Torna-me uma ovelha melhor
Dá ao meu destino criatividade
Para de teu filho, não ser o pior

Te agradeço a Santa decisão
Prós meus problemas de vida
Decerto terei melhor coração
Em ajudar a causa perdida

De: Fernando Ramos

 

publicado por Fernando Ramos às 19:32

Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO