Minha Poesia

16
Mar 17

 

 

SEGREDOS EM MURMÚRIOS

 

Nossos segredos em murmúrios
Das longas doces madrugadas
Não eram tristes perjúrios
Terminados nas manhãs aconchegadas

 

Os segredos em belas palavras
Tidos em nosso leito de amor
Nem eram promessas furadas
P’ra um futuro rico e incolor

 

Eles deambulavam p´lo coração
Vindos de lábios em prazer
Sem nunca nos dar ilusão
Que juntos iríamos vencer

 

Ganhamos os sonhos
Nesse prazer soberbo
E dos murmúrios não tristonhos
Nunca houve um coração de medo

 

De: fernando Ramos

 

publicado por Fernando Ramos às 14:47

Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO