Minha Poesia

31
Dez 16

 

 

SAUDADE DE AMOR

 

A saudade está no tempo
Que vai passando p´la vida
Ela no deixa em sofrimento
Com tristezas de fadiga

 

O tempo vai na saudade,
Com força em busca amores
Leva o vento com liberdade
E seu sopro nos traz dissabores

 

Saudades, todos nós sentimos
De pessoas que nos são queridas
Sofremos, e por vezes fugimos
de desilusões que nos trazem feridas

 

De amor, a saudade pode matar
Ou deixar um grande vazio
E se for de alguém nos querendo amar
Nossa vida ficará por um fio

 

de: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 22:53

 

 

FADISTA ATÉ MORRER

 

Tenho a voz enrouquecida,
e seu tom já não é o que era
meus fados agora canto baixinho
sofrendo com minha rouquidão
Talvez seja um mal de idade 
Foram muitos anos a cantar o fado
que muito orgulho me dá,
mas Deus acha que minha carreira 
de fadista terminou 
Continuo no fado,
ele é a minha âncora
e eu, o amo cantar

Canto em prosa ou em verso
não com a mesma limpidez de antes
mas com o mesmo sentimento
que só desaparecerá assim 
que Deus achar por bem 
Canto na mesma por amor
sempre por amor ao fado
E com o avanço da idade 
Deus mais fortaleceu
este meu sentimento
Choro porque minha garganta dói,
mas cantarei até morrer
Resta-me continuar a viver belos
momentos cheios de absoluto prazer
que o fado me dá à vida

 

 

de: fernando ramos

 

 

publicado por Fernando Ramos às 18:49

  

 

O BEIJO DO COLIBRI

 

O meu amor
vai no voo do colibri,
que é pequeno, leve e ágil
e se sustem no ar
nas suas asas aceleradas
e sempre, sempre contínuas

 

Minha avezinha amorosa
que te delicias com o mel
das flores do meu jardim,
adoçando teu voo
em busca do amor

das belas plantas

que me pertencem

e que as beijas,

com teu bico fino

as suas pétalas 
deixando-as empregnados
de tua doçura,
prontas p´ra beijos meus

 

Colibri engraçado,
deixas no meu coração
pinceladas de mel
E teus voos estonteantes
não perturbam meu versar
p´ra uma princesa que amo

  

de: fernando ramos

publicado por Fernando Ramos às 14:24

Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO