Minha Poesia

10
Nov 20

  • AÇUCENAS DO TEU JARDIM
  •  
  • Ele é doido, desgraçado
  • e até apaixonado
  • Vive de ilusões
  • por teu corpo desejar
  • Ele até poderá ser um safado
  • que continua enamorado,
  • pelo que a vida lhe oferece
  • Ele é doido, 
  • porque cheira as açucenas 
  • do teu jardim,
  • e com vontade de lá viver
  • Ele ama a natureza 
  • com sentido de pobreza
  • e adora lhe tocar
  • Ele, é até infeliz! 
  • Mas essa, eu não acredito
  • porque quem cheira 
  • as açucenas do teu jardim, 
  • a natureza beija, 
  • teu corpo deseja,
  • e o destino engana
  • Portanto... Não é doido 
  • nem desgraçado, 
  • e engana o destino 
  • numa esperança perdida
  • Ele é simplesmente 
  • o eterno apaixonado por ti
  • p'la natureza, e pelas belas 
  • açucenas do teu jardim
  •  
  • de: fernando ramos

 

 
publicado por Fernando Ramos às 19:41

Novembro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13

20

23
25
26
28



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO