Minha Poesia

27
Out 20

131 (1).jpg

131 - LOUCO AMOR

 Ama a teu belo prazer
Alimentando meu amor
E no teu doce enlevo
Acaricia o desejo de meu olhar

Dá-me o sabor de teus lábios
E sente o prazer dos meus
Amando recortes de teu corpo
P´ra meu prazer infinito

Perde tua razão em mim
Deixa-me saciar em teu ser
Dá-me prazeres sem fim
Na emoção envolvente de viver

Fico louco e perdido
Quando te escondes em mim
Perco o sentido do tempo
Beijando teus seios sem fim

Ama-me perdidamente
Como deseja minha alma
Faz-me sair ansiosamente 
Da escapada loucura calma

de: fernando ramos
13.8.2005

publicado por Fernando Ramos às 21:02

Belos momentos que originaram um belo poema! Adorei! Boa noite
Sandra a 27 de Outubro de 2020 às 21:40

Outubro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
16

19
20
21



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO