Minha Poesia

23
Out 20

127 (1).jpg

 

127 - O SONO DO MUNDO

 O mundo dorme de um sono profundo 
e nada o faz acordar

Em cada três segundos 
morre uma criança de fome
como se fosse uma
causa natural

Como é possível o egoísmo
do homem chegar a este ponto
não vendo ele
dentro das trevas 
da sua própria loucura
o mal que vai fazendo

Mundo para onde vais
quando permites tão grande atrocidade?

É a pura degradação humana
enquanto gasta tanto, e tanto dinheiro 
em guerras estúpidas e sem sentido

A paranóia chegou para lá da vergonha
quando deixa o seu semelhante 
desaparecer em condições tão trágicas

Acorda mundo, 
não podes dormir... 
Não podes dormir!

de: fernando ramos
11.8.2006

publicado por Fernando Ramos às 12:23

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Outubro 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

13
16

19
20
21



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO