Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

29
Jan16

118 - PANTERA NEGRA

Fernando Ramos

 


 


PANTERA NEGRA


 


Desapareceu o Rei do símbolo maior do futebol


E o céu ganhou a magia de mais uma Estrela


EUSÉBIO o talento da nossa emoção


Era o Artista que fazia rir e chorar multidões


Acendendo a luz da chama imensa do coração


E somente os que viram


A “PANTERA NEGRA” jogar


Viram a Poesia em movimento


Viram a Arte de correr, fintar e saltar


E á baliza bem chutar, p´ra alegria


Dos adeptos do clube do Manto Sagrado


E desses belos momentos tão profundos


Ele era o virtuoso da mística enchendo de orgulho


O glorioso BENFICA, e todo o mundo


Que amavam o Rei EUSÉBIO


Como se nunca mais houvesse amanhã


 


De Fernando Ramos


5.1.2014

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D