Minha Poesia

17
Nov 19

1092.jpg

1092 - O PERFUME DA NOITE 

Espreito pelos vidros olhando o céu mudando de cor
Pensando que a vida pode ser bela vivendo de amor
E lentamente abro a janela virada pró verde mar
Saboreando o perfume da noite, sentindo o fresco entrar 

Vivo entre a tristeza, porque um dia um amor me deixou
Ficaram recordações e promessas que o tempo já levou
P´la janela vejo um farol iluminando barcos a navegar
Cuja sua luz vai beijando as brancas espumas do mar

As ondas rodeiam os rochedos como brazas duma paixão
Escondendo na areia os castelos construidos na ilusão
Meu olhar á janela se perde pela longa escuridão
Ficando o perfume da noite  bailando em meu coração

O vento devagarinho acaricia as dunas próximas do mar
Passando por mim num bailado de me encantar
E eu vou vivendo o momento com tanto gostar

Sonhando com um bonito amor que já não vai voltar

Quando surge a noite amiga e o céu muda de cor
Sinto que a vida é mais bonita quando se vive com amor
Abro um sorriso á janela que fica de frente pró mar
Respirando o perfume da noite deixando o luar entrar

Esqueço a tristeza, que um dia alguém me foi enganar 
Mais sonhos, e tristes promessas que o vento foi levar
E ao longe vejo um farol iluminando barcos a navegar
Onde seus raios de luz beijam as claras espumas do mar

As ondas envolvem os rochedos na fúria de uma paixão
E apagam marcas na areia de castelos de ilusão
Meu olhar entristecido se vai perdendo na escuridão
Sintindo o perfume da noite adoçando meu coração

 O vento sopra devagarinho acariciando dunas ao luar
Batendo em meu rosto dançando, fazendo-me arrepiar 
E olho o céu tão limpo sonhando as estrelas alcançar
Para se juntarem às lembranças, com a saudade ficar

A noite vai andando com a promessa de logo voltar
As estrelas se despedindo porque o sol breve vai chegar
O dia vai nacendo num azul que se espelha p´lo mar
E sorriu á natureza, que da janela não canso amar

de: Fernando Ramos

 

 

 

publicado por Fernando Ramos às 10:44

Novembro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


22
23

24
25
26
27
28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO