Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

FERNANDO RAMOS

Minha Poesia

13
Jan16

108 - A ÁGUIA DA FELICIDADE

Fernando Ramos

 


 


A ÁGUIA DA FELICIDADE


 



Na mais completa alegria

E no meu mais sincero querer

Grito p´lo meu clube em euforia

Agradecendo a Deus esse prazer

 

E observo a Águia voando

P´lo estádio no caminho da brisa leve

Sobre adeptos que vão vibrando

Por mil vitórias, que tantos serve

 

E na mais airosa bela fantasia

Corre um rio vermelho e branco

E no seio da multidão se sente a magia

Do clube que é seu encanto

 

E há sangue quente pela veia

Por um amor maior inexplicado

Não é p´la deusa, nem p´la sereia

Mas p´la Águia no seu rico pedaço

 

Ela é poesia que inunda o afluente

E o sentimento que é um regalo

Voando num mar, calmamente

Direito ao coração, eterno vassalo

 

E o Benfica é a preciosidade

Dum povo feliz em irmandade

Possui a Águia da felicidade

No seu estádio da LIBERDADE

 

E o coração do adepto astuto

Brota a preciosa e sincera verdade

É seu amor transformado em vulto

Na Águia, sua subtil vaidade

 

De: Fernando Ramos        -      108

 


 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D